fechar
LOGIN ASSOCIADO LOJA VIRTUAL
English (United States) Português do Brasil

Missão

Representar a comunidade de profissionais da área de hematologia, hemoterapia e terapia celular, prezando pela qualidade no tratamento dos pacientes e serviços da especialidade, incentivando o avanço científico, defendendo a classe, congregando os profissionais e dando apoio aos associados.

Visão

Ser uma das referências mundiais de associação de hematologia, hemoterapia e terapia celular, e a referência brasileira de especialidade médica e multiprofissional.

Valores

Foco no associado, ética, credibilidade e excelência.

A Associação Brasileira de Hematologia, Hemoterapia e Terapia Celular (ABHH) nasceu da fusão da Sociedade Brasileira de Hematologia e Hemoterapia (SBHH) com o Colégio Brasileiro de Hematologia (CBH). Hoje, a instituição conta com mais de 2 mil associados, após a única junção de entidades associativas do País.

A SBHH foi fundada em 26 de maio de 1950, durante o 1º Congresso Brasileiro de Hematologia e Hemoterapia, realizado em Petrópolis, no Rio de Janeiro. Trata-se de uma Associação privada para fins não econômicos, de caráter científico, social e cultural. A instituição congrega médicos e demais profissionais interessados na prática hematológica e hemoterápica de todo o Brasil.

Já o CBH foi fundado em 30 de agosto de 1965, no Rio de Janeiro (RJ). Trata-se de uma sociedade civil, de caráter estritamente científico e cultural, com intuito de promover pesquisa, ensino, além de divulgar o conhecimento da hematologia e especialidades afins, sem fins lucrativos. Essa instituição foi responsável pela difusão da especialidade, já que se focou no trabalho de promoção e divulgação de pesquisas e estudos. Sediado em Ribeirão Preto, no interior de São Paulo, o CBH também tem participação em todo o País.

Nasce a ABHH

Sócios da SBHH e CBH fundaram a ABHH no ano de 2008. Entre os oito itens que sustentam a importância da fusão, destaque para o segundo deles, que explicita a importância de reunir, em uma única organização, hematologistas e hemoterapeutas brasileiros junto à Associação Médica Brasileira (AMB), Conselho Federal de Medicina (CFM), além de órgãos públicos como o Ministério da Saúde e outros da sociedade civil, como as universidades.

Terapia Celular

Em 2011, o termo terapia celular foi incorporado ao nome oficial da ABHH, embora a sigla da instituição tenha permanecido a mesma. Trata-se de uma forma de tratamento em expansão tecnológica e com resultados satisfatórios, como é o caso do transplante de medula óssea. Em resumo, a terapia celular é a substituição de tecidos doentes por células saudáveis.