fechar
LOGIN ASSOCIADO
English (United States) Português do Brasil

Desabastecimento de quimioterápicos preocupa sociedades médicas

Foi divulgada pelo jornal Correio Braziliense, em 6 de fevereiro, uma carta aberta às autoridades da saúde sobre o desabastecimento de quimioterápicos no Brasil. A comunicação é assinada por Merula Steagall, presidente do Movimento Todos Juntos Contra o Câncer e da Associação Brasileira de Linfoma e Leucemias (ABRALE), com o apoio da ABHH, Sociedade Brasileira de Oncologia Pediátrica (SOBOPE), Sociedade Brasileira de Transplante de Medula Óssea (SBTMO) e Sociedade Brasileira de Oncologia Clínica (SBOC).

Medicamentos como Clorambucil, Bleomicina, Actinomicina-D, Carmustina e a L-asparaginase estão em falta ou foram descontinuados pelos laboratórios fabricantes, principalmente pela falta de interesse financeiro nesses produtos.

O apelo é para que não somente o governo, mas também as sociedades especializadas, a sociedade civil e os laboratórios farmacêuticos possam juntos tomar medidas efetivas para solucionar o problema.

Acesse o documento na íntegra.